Skip to content

Cidade Curiosa – Minha experiência em um evento de jogos em Portugal

16/02/2018

Na primeira quinzena de fevereiro estive na cidade de Braga, em Portugal, visitando dois ótimos amigos, parceiros de aventuras helênicas e companheiros de explorações de masmorras e lutas com dragões: o André e a Ju. Os dois se mudaram para Braga há pouco tempo, e nerds que são, já fizeram um reconhecimento de campo para se inteirarem dos eventos de jogos e RPG da cidade.

ccPois bem, coincidentemente nos dias 10 e 11 de fevereiro estava marcado um evento do tipo em Braga, capitaneado pela associação Cidade Curiosa (CC), que, dentre outras atividades, organiza encontros mensais em um prédio da freguesia (equivalente aos nossos distritos, no Brasil). Enquanto o André e a Ju estavam interessados em encontrar pessoas para montar um grupo de RPG, eu estava animado para ver como um evento do tipo se desenrola na terra de Camões. Eu já tinha tido a experiência de participar em um evento em Oulu, na Finlândia, em 2012, e as particularidades do evento finlandês haviam me surpreendido muito. Eu estava curioso para ver o que o evento lusitano proporcionaria.

De cara fiquei muito espantado pelos jogos que a Cidade Curiosa trouxe para o evento. Nem tanto pela quantidade (que é sempre expressiva em todos os eventos que já participei), mas principalmente pelas características deles. Haviam diversos jogos nacionais baseados na história do país deles.

Jogos portugueses

Achei tão legal essa particularidade do evento e do mercado de jogos português. Não fui muito assíduo em evento de jogos de tabuleiro no Brasil, mas do pouco que conheci, não lembro de ter visto muitos boardgames brasileiros (me corrijam se eu estiver errado). Embora, claro, estamos muito bem representados pelos nossos RPGs…

O jogo que fiquei mais encantado foi o belíssimo Azul, publicado pela PlanB games e de autoria de Michael Kiesling. Apesar do jogo não ser português, a temática é toda baseada em Portugal e na sua indústria de azulejos. Nada mais apropriado para jogar na simpática cidade de Braga…

Azul

Azul: Um jogo simples e elegante

Outro aspecto que me chamou a atenção foi ver jogos mais artesanais no evento, também outra coisa que nunca vi no Brasil. Joguei o divertidíssimo Crokinole lá, uma espécie de bolinhas de gude em tabuleiro, que foi uma surpresa muito boa. Adoro coisas feitas de madeira, e esse jogo foi quase uma homenagem à infância. Mais dele no Wikipedia.

madeira

Modéstia à parte, mandei benzaço no Crokinole!

Outra coisa que me surpreendeu foi o público do encontro. Estou acostumado a ver nesses eventos diversos nerds adolescentes, predominantemente homens.  Em Braga, no entanto, me deparei com um número expressivo de crianças e famílias, sobretudo no domingo. Imagino que o fato do evento ser aberto seja mais estimulante e aconchegante (leia-se “não tóxico”) a todos. Aliás, foi o único evento do tipo gratuito que já fui. Ótima surpresa!

Por último, importante dizer que uma coisa não me surpreendeu em nada: conheci  gente muito legal por lá. Isso é sempre marca registrada desse tipo de evento, seja no Brasil, na Finlândia e, agora posso dizer, em Portugal. Incrível como os jogos reúnem pessoas de braços abertos e sorriso no rosto (ou o mais próximo disso que os finlandeses conseguem chegar).

Que experiência! De quebra ainda aprendi umas gírias portuguesas (nunca mais verei os nabos do mesmo jeito) e vivi na pele de cavaleiros da távola redonda por três vezes (viva o ótimo Shadows over Camelot!). Em suma: um fim de semana pra lá de gostoso.

27654844_2011326132489001_8579643832974318284_n

Foto: Cidade Curiosa

Para encerrar de maneira justa: um abração para os melhores anfitriões da cidade, Ju e André, e, claro, um agradecimento e um parabéns muito especial para o Alberto, a Cecília e o Pedro pelo esforço e comprometimento com seu projeto. Que a cidade continue curiosa por muitos e muitos anos!

Roll the bones,

Chico Lobo Leal

 

 

No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: