Skip to content

O Retorno da Orquestra

23/09/2014

De uns anos pra cá, o Brasil desenvolveu um circuito de concursos para criação de jogos. Começou com o Faça Você Mesmo, da Secular Games, e passa hoje pelo RPGénesis, Game Chef e Ludopolis, entre outros projetos em desenvolvimento.

Motivados pela vibe criativa deste “grand Slam” que se formou, eu e o Guilherme Korn (representando, respectivamente, os blogs Aventurando-se e Vôo da Fênix) demos início a um concurso de criação de jogos narrativos ano passado – o Orquestra RPG.

Cá entre nós, uma experiência que associou músicas a jogos narrativos, de forma bastante doida singular.

E se eu dissesse a vocês que resolvemos… bem… reativar o projeto este ano?

Maestro

Conheçam nosso mascote, o Maestrinho! :)

“Evolução… ou Recomeço?”

No ano passado, nosso enfoque estava na produção de jogos exclusivamente narrativos – RPGs, Story Games e LARPS. Este ano, a Orquestra ficou “dos Jogos”.

Você deve estar se perguntando: “O que isso significa”? Durante o mês de outubro, QUALQUER jogo poderá ser inscrito no concurso – RPGs, Story Games, LARPS, Boardgames, Carcgames, Party Games… enfim, qualquer tipo de jogo analógico.

No entanto, para garantir a inscrição de seu projeto no concurso, algumas condições precisam ser cumpridas:

  •  Ser baseado (ou inspirado por) uma das músicas que irão compôr a playlist do concurso – uma seleção criteriosamente elaborada pelos Produtores e organizadores do evento;
  • Possuir o limite máximo de 5000 palavras;
  • Ser compartilhado em nossa “Revista Virtual” no Medium, com uma apresentação bacana do projeto e os seus links de acesso (para download ou para leitura – isso fica por sua conta).

“Um Concurso de Todos, Para Todos? Como Assim?”

Desde o princípio da idéia, queríamos que o Orquestra fosse um concurso para todos – tanto para a galera que joga, quanto para quem produz. Isto seria aplicado no processo de avaliação dos projetos inscritos, e isso nos rendeu dores de cabeça na edição passada…

…mas, como somos teimosos pra caramba, não desistimos desta idéia! Neste ano, resolvemos adotá-la de modo um pouco diferente: teremos o apoio de uma “Audiência” qualificada, composta por blogueiros selecionados a dedo para este desafio. Cabe a eles avaliar cada jogo publicado na Revista, logo após o término da etapa de Composição – e isso será feito a partir de um artigo em seus respectivos blogs, sobre o projeto que mais lhe apeteceu (sendo este, um finalista).

Nesta edição, contaremos com os seguintes parceiros:

Além do apoio dos amigos já citados, contaremos também com o apoio de alguns “Produtores” convidados – pessoas bem habituadas com os trâmites que envolvem a produção/publicação de um jogo. Eles contribuirão sugerindo, cada um, uma música para a nossa playlist – além de, claro, contribuir na Etapa Final de avaliação do concurso. Nós, os organizadores, também daremos nossas músicas, finalizando a lista em cinco canções.

São eles:

“E Prêmio? Vai Ter?”

Para o projeto vencedor do concurso, prometemos um serviço completo: barba, cabelo e bigode! :)

Em outras palavras, o projeto será revisado e testado até ficar redondinho, para só então receber um trabalho completo em design gráfico: capa, arte, diagramação… ele ficará prontinho, de acordo com o que o autor deseja, para ser publicado!

Trata-se de uma premiação simbólica, é verdade – mas que visa estimular a produção. Afinal de contas, qual é o autor que não sonha em ver sua obra completa e linda, não é mesmo?

Compositor

Então, você já se empolgou com a idéia, não é? Mas não se apresse – ainda há tempo para se preparar…

“Então, Como Vai Rolar Isso?”

Outubro será o mês do Orquestra de Jogos, sua duração se estendendo por quase todo o mês. Estamos a sete dias do seu início, e é bom que você esteja preparado para o desafio!

Este ano, o concurso estará estruturado em três Etapas:

  • Composição (dia 1 até o dia 15): é nesta hora que os instrumentos vão realmente ser usados! à meia-noite do dia 1 de Outubro, iremos liberar a playlist na fanpage do concurso Orquestra dos Jogos – e a produção se encerra nas doze badaladas do dia 15. No entanto, vale lembrar que APENAS os projetos publicados na Revista da Orquestra serão avaliados na Etapa seguinte;
  • Audição (do dia 16 até o dia 25): passado todo o furor da produção, é hora de nossos amigos da Audiência fazerem seu trabalho. Eles terão dez dias para ler os projetos, e apontarem os seus preferidos a partir de artigos em seus blogs. Cada membro da audiência escolherá um único jogo para conduzir à etapa seguinte;
  • Seleção (entre os dias 26 a 29): uma vez que os finalistas sejam eleitos pela Audiência, eu e Guilherme Korn iremos orquestrar (para entrar no clima… :D ) uma “Mesa Redonda” com os Produtores convidados – conversando sobre a vida, o universo e tudo mais o concurso, os projetos finalistas e, por fim, elegendo o vencedor do Orquestra.

Como uma possível “Bonus Track”, pretendemos fazer uma sessão especial no último dia do mês, com o(s) autor(es) do projeto vencedor, para conversarmos sobre o concurso – e com participação aberta ao público. Mas isso ainda é uma possibilidade, claro…

“That’s All, Folks!”

Então… por ora, é isso, caros visitantes. Qualquer dúvida, sugestão e/ou pitaco será muito bem-recebida na fanpage do Orquestra dos Jogos, então não deixe de visitá-la para ficar a par deste momento da criação nacional de jogos.

E lembrem-se: “Brace Yourselves: The #Orquestra2014 is Coming!”

Que Luna os ilumine, e até a próxima!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: