Skip to content

Biblioteca de Heróis – Snargle, o Marujo dos Céus

24/03/2014

Claro que esta Biblioteca de Heróis não poderia estar completa sem ele, o temível Marinheiro das Estrelas, o lendário Guerreiro do Azul Selvagem, o Esfregão Mais Temido Pelos Homens, e tantos outros títulos que adquiriu em sua história (alguns tão obscenos que não posso postar aqui). O Marujo Goblin Snargle.

Mas, o quê este simpático Goblin poderia ter feito para ser lembrado desta forma? Tudo começou com o “rapto” de Lady Blackbird (arranjado para que ela não se casasse com Carlowe, o Conde mais poderoso e influente no Azul Selvagem. Ela contratou o infame pirata Cyrus Vance, capitão do navio voador de contrabando Coruja para uma viagem até os perigosos ermos d’O Resto, à procura de seu verdadeiro amor: o pirata mais procurado naquele mundo, Uriah Flint.

Imagem

Claro que o Conde não deixaria isso barato, e convocou a fortaleza voadora Mão do Infortúnio para capturá-los (uma tarefa fácil, diga-se de passagem). E foi neste momento que a estrela deste bravo Marujo começou a brilhar (sem trocadilhos): foi pela força e perícia em seu esfregão que Snargle rendeu alguns guardas sozinho (ele não era muito bom em contar quantos foram), ajudando Cyrus e a Lady a escaparem dos militares. Foi um longo caminho até o hangar principal, onde Kale Arkham (o imediato) se escondia para fugir com o grupo, e nosso herói Goblin acabou ferido na fuga (alguns dizem que foi por seu próprio capitão, mas ninguém comprovou a história). Mas nada que alguns gatos frescos – sua refeição favorita – não resolvessem…

Fugidos de Ilisyum (a ostensiva capital do Azul Selvagem) e da Mão do Infortúnio, o Coruja se instalou em Porto Noturno, conhecido ponto de criminosos e corsários, para se reabastecerem. Neste momento, a astúcia de Snargle desvendou a traição de outra tripulante, Naomi Bishop (protetora e confidente de Lady Blackbird). Ela que havia contatado Carlowe durante a fuga, os entregando pelo seu “dever de proteger a Lady”. O Goblin deixou a fúria extravasar quando a matou com suas garras… no meio da rua – afronta mais que suficiente para atiçar a atenção dos Guardas. O abrigo viria na casa de seu primo Clayton, o parente que come pássaros (Snargle diz que pertence “ao lado ruim da família”…). Mas foi na companhia de Nathan Tiro Certeiro que o Goblin encontrou alguém para chamar de “parceiro”.

 

ladyblackbird

A nave Coruja – o “lar” de Snargle.

Assim que a Coruja entrou na zona morta dos Restos, problemas aconteceram. Foi muito difícil evitar os asteróides, que acabaram denificando a nave. Ninguém podia enfrentar as grandes Lulas que cercavam o local, senão o valente Snargle (que constatou a falta de sabor nelas, preferindo mil vezes seus gatos). Com os reparos sob sua tutela, foi possível chegar até o covil de Uriah Flint, ainda que a temida e colossal Lula Celeste quase os alcançasse no caminho. Cyrus tentava barganhar com o desinteressado pirata, o marujo também pronto para intervir com seu esfregão, caso fosse necessário.

A negação de Flint terminou em rixa entre os membros da Coruja e o famoso corsário. Nathan teria disparado contra o Capitão pelas costas, quase o matando à traição. Dizem as más línguas que Snargle seria o responsável por isso, pois sempre esperava ser respeitado (algo que não aconteceu, e que ainda não acontece graças a fofocas como esta). Mas a verdade é que, não fosse pelo Snargle, esta história jamais aconteceria…

Desta forma, ele continua acompanhando Cyrus Vance e Lady Blackbird (que agora também é capitã do Coruja) como um Marujo satisfeito e livre, sempre à busca pelo próximo gato. O que ele não sabe (ou insiste em ignorar) é a influência dele perante seus irmãos, primos e demais parentes: agora um herói entre os Goblins, muitos filhotes desejam seguir seus passos.

Algo que, com certeza, vai colocar os gatos do Azul Selvagem em extinção…

(P.S: O personagem Snargle não foi criado desta forma: ele é um dos muitos personagens prontos no módulo/aventura Lady Blackbird. O que o tornou marcante, a ponto de ser coroado como um Herói neste espaço, foi a atuação brilhante que o amigo Chico – esse mesmo, o mentor desta página – deu para o pobre Goblin. Uma atuação memorável, com direito a trilha sonora nos momentos em que ele estrelava no jogo!)

Snargle

Esta é a bandeira Goblin, criada em homenagem ao grande Snargle.

Que Luna os ilumine, e até a próxima!

Anúncios
2 Comentários leave one →
  1. m4lk1e permalink
    24/03/2014 22:37

    O quê? Você ainda não conhece Lady Blackbird?
    Pois não perca tempo, pois você tem acesso gratuito a esta grande aventura!

    Basta acessar o seguinte link:
    http://redboxeditora.com.br/lady-blackbird/

  2. 24/03/2014 22:52

    Hahahahahahahahaha

    Cara, isso é muito inusitado!
    Acho que é a primeira vez que um GOBLIN, FAXINEIRO, é relatado como um HERÓI!
    E cacete, que herói!

    O Snargle com certeza foi um dos personagens mais divertidos que joguei.

    “Eu gosto de gatos”

    hahahahaha

    Brigadão pelo post Jairo, fiquei muito feliz pela homenagem!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: