Skip to content

A importância da interpretação no RPG

16/09/2010

O RolePlaying Game não tem esse nome à toa.

A base do negócio é interpretar, viver a pele de outro personagem.

A diferença de um jogo com personagens sem características próprias (simples fichas preenchidas) e  um outro com personagens bem interpretados é significativa. Um jogo com personagens rasos  só marcará a memória a custa da história do Narrador, e se essa não for das melhores, teremos no final uma bela de uma sessão sem-graça.

Entenda que não é porque seu amigo é o Narrador que ele tem obrigação de criar algo maravilhoso. Se você não faz isso com seu personagem, que moral você tem pra cobrar algo dele?

Para reforçar meu argumento, digo que as vezes a história de um jogo fica em segundo plano diante de personagens bem construídos.

Nunca me esqueço de uma aventura one-shot (só uma sessão, não campanha) que joguei com uns amigos em um cenário medieval fantástico anônimo. O Mestre não era dos melhores, mas cada um construiu personagens tão “únicos” que até hoje lembramos deles.

Meu personagem no caso era um fazendeiro caipira que possuía como arma um garfo de feno e sua coragem quase infantil. Mas o mais interessante nesse personagem era uma maldição que o mesmo sofria: toda vez que caía água nele, ele virara um porquinho voador (com capa e tudo).

Respingos de bebida, espirros e principalmente  chuva era o “sinal” para o Super Pig aparecer!

 

Pan pa ran pa ran!

 

Foi tão engraçado jogar com ele, que, mesmo que eu nem lembre da história da sessão, eu lembro com carinho do personagem.

Onde quero chegar?

Se você espera uma história fantástica para seu RPG, antes de reclamar com o Mestre sobre a trama ou mesmo sobre o sistema, comece por você mesmo!

Não sou ator, mas se a experiência de jogo me ensinou algo, vou compartilhar com vocês em alguns posts sobre interpretação.

Pra esse post não ficar imenso, vou escrever aos poucos em posts diferentes:

Interpretação de Personagem – Criação

Interpretação de Personagem – Relembrar é viver, Interpretar é RPG

 

Nos vemos logo!

Anúncios
4 Comentários leave one →
  1. 16/09/2010 14:48

    Muitas histórias só existem por causa de personagens marcantes.

    Vemos isso em filmes como Scarface, filme em que Al Pacino interpreta Tony Montana, exilado de Cuba que faz riqueza no submundo do crime nos EUA.

    Mesmo as tramas mais básicas podem se tornar grandes épicos devido aos personagens.
    Muitos podem discordar, mas talvez a trama que Tolkien inventou para o SdA nem seria lá aquelas coisas sem os personagens que a vivem.

    Mesmo um personagem “secundário” pode roubar a cena se for bem construído. Hans Landa de Bastardos Inglórios é um perfeito exemplo disso!

    No RPG eu acredito que acontece a mesma coisa: com personagens interessantes a trama nem precisa ser tão elaborada e nem as aventuras épicas.

    Acho que isso fica ainda mais nítido quando criamos personagens para Live Action: Nem todos irão conhecer a história do seu personagem. No entanto, se você interpretou bem, o personagem ganhou vida e foi marcante para você e aqueles com quem você “contracenou”.

  2. Mariana "Aywanne" Boujadi permalink
    16/09/2010 18:16

    Ahhh, vcs sabem q eu considero isso realmente de vital importância…tem personagens q eu me apego tanto, q eu chego até a ficar criando o passado deles e tals…
    Tiveram personagens que foram até base para criações de contos posteriormente, como o lindo, maravilhoso e perfeito “Erick Cristopher MontSerrad III” (nome q já serviu para vários pjs, mas em homenagem a esse em questão).

    Gostei muito do post Chico, parabéns!

  3. Lunna Mya permalink
    09/10/2010 01:00

    Curti o que você escreveu.
    Vlw pelas dicas.
    Abs.

Trackbacks

  1. Monte Cook está novamente na cozinha: Invisible Sun |

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: